Seguidores

quinta-feira, 21 de julho de 2016

BUSINESS WEEKEND - [P]ARADOX



                  A banda carioca BUSINESS WEEKEND surgiu em 2014, sendo uma sucessão da banda BWS85. Praticando um hardcore melódico, mas com uma pegada por vezes mais agressiva e em outras adotando uma linha um pouco mais progressiva, o grupo lança [P]ARADOX, de forma independente. Buscando novas perspectivas, o grupo acaba se diferenciando pelos vocais que alternam entre linhas limpas e outras quase guturais. Se em um primeiro momento isso soa um pouco estranho, acaba por dar ao quinteto uma identidade bastante forte, mostrando além da boa técnica dos músicos, composições que alternam entre a melodia e  a agressividade.

                  Composta hoje por Ray Phill (vocal), Júnior Ventura (guitarra), Nicholas Negreiro (guitarra), Fábio Kallel (baixo) e Thiago Gomes (bateria), a banda traz neste trabalho 12 músicas (contando com uma introdução) que mostram que a banda consegue dosar bem a agressividade e a melodia de suas composições sem se tornar confusa ou cansativa. Produzido pelo baterista Thiago Gomes, o álbum ficou com uma boa sonoridade, onde pode-se ouvir os instrumentos bem definidos e manteve o peso que acaba dando destaque ao trabalho.

                 A introdução Parmena antecede Nossos Ideais, faixa que de cara entrega aquilo que o grupo se propõe a fazer: muito peso e agressividade aliados a doses fortes de melodia. E o contraste dos vocais guturais e limpos, que são feitos pelo vocalista Ray Phill é algo bem interessante. As guitarras bem timbradas também se destacam. Nada Muda tem uma veia mais metal, com uma pegada forte da dupla Fábio e Thiago (baixo e bateria). Já a faixa título, [P]aradox, traz um belo trabalho de guitarras, onde a melodia se sobressai de forma eficiente, mas sem perder a agressividade, que é uma das marcas do trabalho do grupo. A faixa apresenta ainda uma linha mais atual, com toques "suaves" de metalcore. Haverá um Amanhecer Pt. 2 traz mais um excelente trabalho da cozinha, entrosada e coesa, enquanto as guitarras seguem despejando bons riffs. O contraste entre os vocais guturais e limpos feito por Ray Phill, por vezes soa um pouco estranho. Se por um lado traz mais agressividade ao som  quando o gutural entra em ação, por outro destoa um pouco nas partes mais melódicas. Ações e Palavras tem boa melodia, ficando num meio termo entre o que tem sido feito atualmente no cenário e o passado da banda.

                  Preço á Pagar é uma música mais intensa, com um clima mais denso e introspectivo. A faixa traz a participação de Caio César e opta por manter  em sua maior parte, os vocais limpos, o que acaba soando mais natural, ainda mais por tratar-se de uma faixa mais calma. Um belo solo se destaca aqui. Interlúdio nos deixa preparados para Me Escute, uma baixa pesada e com riffs variados. Palavras Ditas, na seqüência, é uma das melhores músicas do álbum. onde podemos ver que a banda possui versatilidade. Se os riffs alternam momentos agressivos e melódicos, a cozinha pega pesado e faz um excelente trabalho. Sua Visão segue a mesma linha, onde o vocal gutural aqui, funciona melhor. A faixa tem uma pegada mais hardcore, sendo que o grupo não nega suas raízes. O encerramento vem com Recomeço. Com bases bem estruturadas, a música fecha o trabalho fazendo um apanhado de tudo que o grupo apresentou neste bom álbum.

                  O BUSINESS WEEKEND é mais um bom nome no cenário nacional. Tendo por base o hardcore melódico, mas com uma pegada mais pesada e progressiva, o grupo mostra em [P]ARADOX que tem futuro.




                Sergiomar Menezes

Nenhum comentário:

Postar um comentário